quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Gibis Antigos


Hoje apresentaremos à vocês o senhor Kendi Sakamoto - o maior colecionador de gibis antigos do Brasil. Conheça mais sobre sua coleção, que hoje, somam mais de 70.000 exemplares.


Kendi Sakamoto, paulista de 57 anos, mantém sua paixão por gibis desde quando ainda tinha 4 anos de idade. Observava seu irmão mais velho trocar gibis com seus amigos e como ainda não sabia ler, Kendi apenas se encantava com os belos desenhos de Wall Disney, aprendendo a conhecer os personagens e com seis anos já tentava desenhá-los.

Com 8 anos, Kendi já sabia ler. Mas na época as revistinhas em quadrinhos eram proibidas para menos de 13 anos. " Eu não entendia como podia assistir a um filme de Tarzan no cinema com classificação "'Livre", e não podia folhear um gibi do mesmo personagem com o mesmo tema, pois era proibido a menores de 13 anos ". Durante a infância, Kendi só teve acesso aos gibis publicados na década de 60, mas quando se mudou para São Paulo, descobriu que não havia vista nada em se tratando de quadrinhos. E foi vendo essa enorme variedade que se interessou de vez.

Suas preferidas são: Tarzan, Reis do Faroeste, Disney, Gene Autry, Antar, Fantasma, Manarake, Cavaleiro Negro, Flecha Ligeira entre outros.

Todas suas revistas ficam armazenadas e tratadas com muito cuidado. Os grampos de metal são retidos para não enferrujar e estragas as páginas e a sala é mantida à meia luz, pois não poder haver luminosidade excessiva e nem umidade.

Recentemente Kendi criou o site www.gibiraro.com.br onde publica sua coleção e troca informações com outros colecionadores. No site, você confere um "timeline" com a história dos quadrinhos no Brasil e no mundo, curiosidades sobre as revistinhas e também uma área onde colecionadores deixam seus recados para o Kendi. Não deixe de visitar !!!



2 comentários:

  1. Parabéns pela valiosa coleção, os Gibis retratam uma época em que "nós éramos felizes e não sabíamos". Felizmente, eu vivi aqueles anos, onde o cinema era a magia e o gibi nos possibilitava levar para nossas casas um pouco daquele encanto.

    Deus lhe ajude!

    ResponderExcluir
  2. Estou bem curioso pra saber como poderemos trocar algumas informações. Eu possuo muitos gibis antigos, das décadas de 1940 pra frente.












































































































































































    ggggg





    ResponderExcluir